quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

precário

por deus que eu nunca na vida poderia entender ou imaginar ou coisa assim que alguns erros poderiam ser tão bonitos!

Um comentário: