sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

sim

nesse caso, o vento vai, leva minha roupa, e eu fico. e tenho minha pele pra tocar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário