segunda-feira, 20 de junho de 2011

ei, lindinho

escrevi uma poesia pra você, juro,
mas deu uma vontade
grande grandona assim
de rasgá-la em pedacinhos.

depois, comê-la inteira,
fazer ela descer depois
por água abaixo do jeito
que ela deveria ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário