quarta-feira, 23 de novembro de 2011

rabailico

O sexo anal, socialmente cercado de tabus, é transformado em diferencial próprio àquelas que exercem e assumem seus desejos. Se elas brincam com a xereca / eu te dou uma chá de cu, gaba-se Valeska, recusando-se a ter um orifício cuja função seja somente a de verter merda.

http://revistapittacos.org/2011/09/02/ola-mundo/

Nenhum comentário:

Postar um comentário