domingo, 27 de setembro de 2015

maiaka

"Hoje executarei meus versos
na flauta de minhas próprias vértebras."

Nenhum comentário:

Postar um comentário