sexta-feira, 29 de abril de 2016

potlatch revisited


queimar tudo, tudo quanto se possa, seus maiores tesouros,
seu pai, seu marido, seu filho, seus livros, suas mantas,
seu trigo, seus figos,
suas cartas de amor,
sua coroa,
sua coleira,
todes colocando tudo a queimar
pelos bons augúrios, pela festa, para mostrar que se pode

Nenhum comentário:

Postar um comentário