sexta-feira, 4 de novembro de 2016

e me acompanha a orquestra daquela

eu canto como um leão
e me acompanha a orquestra daquela
cidade lá, e aqui
tantas vezes nos revezes,
nos acidentes de percurso, violências cotidianas,
comedimentos, ausências de comédias,
tudo completamente farsaico,
assiduamente farisaico
e, nessas colisões,
fiz lágrimas

Nenhum comentário:

Postar um comentário